“O começo de todas as ciências é o espanto de as coisas serem o que são.”
(Aristóteles)

 

A vida é um dilema social

Preste atenção no que vou falar

Quem manda é o capital

Em todo lugar

Qualquer que seja sua tribo racional

O que estou a falar

Estamos aptos a passar.

 

Eu tenho que falar

O mundo está envolta do dinheiro

Não podemos só observar

A gente é guerreiro

E quieto não vamos ficar

É legal ter dinheiro

Mas não podemos ser grosseiro.

 

O alto escalão da sociedade

Só vive a difamar

Nós que ta em maior quantidade

E muitas vezes fome a passar

Pelas ruas da cidade

Por isso não me calar

Um dia isso vai ter que mudar.

 

Se você não tem dinheiro

Para alta sociedade não tem valor

Chega a te chamar de marginal, maloqueiro

Sem um pingo de pudor

Chama-te de bandido, maconheiro

Eles não te dão valor

Porque acha q o dinheiro é o seu pudor.

 

Meu irmão

Eu peço a você

Que não desista não

Um dia tu vai ter

O nunca te deram na mão

Você vai ser

O que nunca te deixaram ser.

 

 Denisson Silva / 11-04-2005